Sylvie de Chirée e Philippe Rapin

Sylvie de Chirée, editora da Elle Decoration França, e seu marido, o comerciante de móveis Philippe Rapin, fazem do apartamento do casal, em Paris, cenário impecável. Localizado na margem direita, perto do Rio Sena, em um típico edifício parisiense de 1910, a unidade foi inicialmente morada de um dos arquitetos do edifício, Paul Marozeau. Chirée teve a oportunidade de conhecer a filha de Marozeau, que contou ter vagas lembranças da pintura do pequeno salão sendo executada. Muitos elementos originais foram mantidos, como a pintura e painéis do living e o mosaico P&B do banheiro principal. Super charmoso e muito parisiense.

Sylvie de Chirée e Philippe Rapin. O tecido de onça, aqui, pode e deve ser usado em larga escala. 

No living do apartamento em Paris, móbile Marc Cavell , sofá Archizoom de 1968. O tapete veio de um mosteiro francês e os painéis e colunas originais são obra da lendária casa de decoração francesa Maison Jansen.

Coluna de cerâmica italiana, cadeira século XIX revestida de tecido Zimmer + Rohde e mesa anos 1970 Ado Chale.

Poltronas Harvey Probber, mesas de centro Janette Laverrière e paredes Maison Jansen. Obras Marc Cavell e lareira original.

 Cadeiras Asiatides e mesa Marcel Wanders na cozinha. Pendentes de papel Paola Navone, e na parede, Piero Fornasetti.

Mesa Eero Saarinen e cadeiras Kartell fazem companhia a esculturas de François Pompon sobre aparador de 1930 FontanaArte. Tapete de zebra pintado, aqui.

Espelho e mesa lateral Asiatides,  mesa art deco e cadeira anos 1930 revestida de veludo Pierre Frey.  

 A luminária do século XVIII estava instalada na sala, mas o casal achou que ficaria muito melhor no quarto. Na mesma hora, desmontaram a luminária e a instalaram no quarto. O armário recebeu estampa Fornasetti. 

No banheiro, piso e paredes originais forma mantidos. Luminária chinesa encontrada no mercado de pulgas de L’Isle-sur-la-Sorgue.

Fotos: Antoine Baralhe

elledecor.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.