Puntofilipino assina remodelação de apartamento em Milão

Avant-garde, escandaloso e francamente atrevido, este apartamento remodelado em Milão pelo estúdio de design Puntofilipino é um antídoto encantador para o familiar, narrativa perfeita de um design que parece singularmente radical. “A fim de superar a dicotomia estética entre interiores de época e expansão contemporânea, o apartamento se destaca como uma repreensão caprichosa à estética minimalista e austeridade elegante do modernismo de meados do século”, explica Puntofilipino. Apropriadamente chamado de Memphis Milano, o interior combina estilos de época com o estilo Memphis Group, notórios caubóis coloridos dos anos 1980. A estrutura original foi mantida enquanto os motivos e materiais clássicos são reinterpretados em um contexto pós-moderno. “Caracterizados por uma sequência eclética de cores, que se estende das paredes à marcenaria de metal e cornijas de gesso, os tapetes e cortinas [se unem] a uma harmoniosa seleção de móveis, inspirada nos movimentos Art Déco e Pop Art do Grupo Memphis, não só por suas cores primárias marcantes, materiais sintéticos como laminado e mosaico e geometria maluca, mas também por sua ousadia iconoclasta”, explicam os designers. Projetado para um casal de profissionais de arte, o coração do espaço está em suas paredes. Aproveitando a oportunidade para experimentar, Puntofilipino mergulhou a sala de estar e a cozinha em mármore movimentado em azul e branco, enquanto uma guarnição de terracota canelada conecta-o ​​aos tijolos vermelhos brilhantes acima. Um afresco inspirado na natureza na sala de jantar é um acréscimo de sonho, aparentemente erguendo-se das paredes (e sobre a cornija). Por toda parte, papéis de parede, padrões bucólicos, ladrilhos de mármore e estampas ópticas adornam mais as paredes enquanto a verdadeira sensação dessa decadência contemporânea se espalha pelo espaço. As aberturas arqueadas clássicas recebem uma borda de Memphis mergulhada no mesmo mármore azul e branco das paredes. Com o design e a decoração adequadamente clássicos, os móveis modernistas vibrantes e geométricos e os estofos arredondados suaves compensam a silhueta estrita do volume e a paleta suave de tons de cinza, azul e vermelho tijolo. Provando que não há divisão muito ampla, Puntofilipino encontrou um terreno comum entre os interiores de época e o Grupo Memphis em um design que não deixou nenhuma parede sem tratamento. Bacana à beça!!!

Puntofilipino: http://www.puntofilipino.com/

via: YellowTrace

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *