O apartamento chique e ousado de Chris Glass em Berlim

Vivendo em Berlim, o americano Chris Glass considera-se cidadão do mundo. Para definir o seu apartamento de 110 m2, onde mora há oito anos na área central da capital alemã, ele recorre a adjetivos que poderiam muito bem descrever a si mesmo: chique, global, ousado e cheio de camadas. Nascido e criado em Atlanta, nos Estados Unidos, Glass tem uma trajetória tão plural quanto sua maneira de levar a vida e enxergar o morar. Fez de tudo um pouco: estudou teatro musical em Boston, trabalhou em Nova York, depois se mudou para a Alemanha, onde se estabeleceu primeiro em Munique e então seguiu para Berlim, quando assumiu, em 2009, o cargo de diretor de associados da Soho House europeia (clube privado para pessoas vinculadas às artes, ao design, à moda e à economia criativa com hotéis e casas exclusivas em mais de dez países). “Viajo muito, então o meu jeito de decorar reflete a minha curiosidade. Tudo aqui se conecta às minhas experiências. A decoração conta a história dos lugares que visitei, dos amigos e artistas que conheci”, analisa. A paixão por móveis vintage — em sua maioria, itens dos anos 1950, 60 e 70 — também define o décor. O living, por exemplo, combina o sofá Togo, de Michel Ducaroy, com o modelo Rio, de Jean Gillon, e um par de poltronas Modus, de Kristian Solmer Vedel. E não para por aí: a mesa de centro da Maison Jansen, de Paris, encontrada por acaso em um passeio pela capital francesa, é seu móvel preferido. “Ela é perfeita porque pode expandir-se. Como é feita de latão, cromo e vidro, me dá espaço para mostrar objetos menores, esculturas e livros que são especiais para mim”, diz. Esse olhar sensível, o senso estético apurado e a capacidade de promover encontros (sua principal atividade profissional à frente do braço europeu da Soho House) acabaram se desdobrando recentemente em um projeto pessoal. Glass criou o Aptm, espaço para acolher pequenos eventos e reuniões, decorado por ele como um showroom, com peças que podem ser compradas e levadas na hora para casa. Ciente da transitoriedade das coisas, o empreendedor entende que, apesar de ter apontado inclusive caminhos inesperados na carreira, o apartamento em Berlim é uma fotografia deste capítulo de sua vida. “Estou sempre crescendo e mudando. Sei que, cedo ou tarde, vou buscar um local totalmente novo, que se comunique comigo de outras formas, tanto interna quanto externamente”, sintetiza, destemido, já vislumbrando seu próximo destino.

Soho Home: https://www.sohohome.com/

via: Casa Vogue por a4&holofote comunicação

aptm: https://aptm.berlin/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *