A estranha e maravilhosa casa de Brigette Romanek

Dramaticidade em uma residência recheada de histórias

A estranha e maravilhosa casa em Los Angeles, palco de incontáveis lendas e histórias, pertence ao casal Brigette Romanek, designer de interiores, e Mark Romanek, diretor de vídeos e filmes. Talvez pelo fato de ser diretor de cinema, Romanek não tenha se impressionado com a fama de mal assombrada da casa, que dizem, já ter pertencido ao mágico Harry Houdini, e onde, conta a lenda, está enterrada uma mulher, assassinada no local. Comprada há dois anos do produtor musical Rick Rubin, a casa funcionava como estúdio de gravação, por onde passaram Red Hot Chili Peppers, Marilyn Manson, Maroon 5 e LCD Soundsystem, e ainda Beatles, Jimi Hendrix, e Mick Jagger, nos anos  1960/1970. Nos anos 1930, foi residência do ator Errol Flynnn. Designer de interiores, Brigette, dona da casa, contou com a ajuda da amiga estilista/designer de interiores Estee Stanley para decorar o imóvel e transforma-lo nesse lugar exuberante e colorido, além de muito chique, que é hoje a casa da família Romanek. “Ainda que nós tenhamos tido que refazer praticamente tudo – elétrica, pisos, paredes e cozinha, eu estava determinada a honrar a história deste lugar”, diz Brigette. “Eu aprecio pátina e textura, espaços com vida e história, molduras com falhas. Esta casa não seria tão perfeita se eu tentasse apagar todas as imperfeições.” Ponto para ela! 

via: Architectural Digest: http://www.architecturaldigest.com/; Fotos: Douglas Friedman

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *