Londres

A morada de Christine d’Ornano em Londres, de onde ela dirige a operação britânica da Sisley, empresa de sua família. Inconfundível ar parisiense, padronagens lúdicas, ar barroco e muitas obras de arte. Segundo Christine, ela e o marido formam uma ótima dupla e gostam de desafios, o que os fez encarar uma extensa reforma no imóvel em Notting Hill.

No living, par de cadeiras Claude Lalanne, poltrona vermelha Utrecht de Gerrit Rietveld e tapete Rug Company. Sobre a pintura de Emilio Grau Sala, que pertenceu ao pai da moradora, neon “Trust Me” de Tracey Emin. A escultura de  coelho de Benedetta Mori Ubaldini quebra a seriedade.

Reinterpretação do design do século XV na delicada mesa do século XIX, presente de François Coty, responsável pela entrada da família d’Ornano no mundo dos cosméticos, para o avô de Christine.  O artista polonês Bronislaw Krzysztof assina a escultura de bronze.

A pequena Inès no sofá de linho rosa George Smith. Luminárias Serge Mouille e foto de Beirute de Elger Esser. As fotos na parede são pura informalidade.

Na área de refeições da cozinha, luminárias vintage da fábrica de carros Rover.

Na sala de jantar/biblioteca, mesa desenhada por Christine d’Ornano e seu marido Marzouk Al-Bader rodeada por cadeiras em couro amarelo e luminária italiana comprada em Londres. No balcão, banquetas trazidas de Paris. A louça colorida é de Sydney Albertini.

A dona da casa no espaço que serve como sala de banho, escritório e closet. Ao fundo, sofá Regency. Banheiro com cestas compradas em Paris.

Na suíte master paredes e cama revestidos com linho Osborne & Little. Ao pé da cama, banco Christian Liaigre, e na mesa de cabeceira recuperada pelo casal de moradores, luminária Philippe Starck para Flos. A mistura de estampas traz vida e alegria ao quarto do casal.

Fotos: Simon Upton

Produção: Carlos Mota

elledecor.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.