Eric Goode

Eric Goode foi um dos responsáveis pela vida noturna de Nova York nos anos 1980. Todo mundo que importava frequentava suas casas, e quem não ia adoraria estar lá. Goode proporcionava novas experiências e divertimento em seus domínios. No “Area”, a cada 06 semanas, um novo tema era desenvolvido por artistas convidados, e Andy Warhol e Jean- Michel Basquiat  fizeram intervenções. Em 1987, Goode inaugura o “MK”,  um super clube situado em um antigo banco com um design semelhante a de um interior residencial. Cama de dossel , sala de bilhar, ossos humanos e animais empalhados, muitas das peças que hoje decoram o loft novaiorquino de Goode, localizado no Noho. Na cobertura do edifício industrial em Manhattan, praticamente metade das peças são remanescentes das noites inesquecíveis nas casas de Goode, que agora constrói hotéis e restaurantes, Bowery Bar e Maritime Hotel entre eles.

Eric Goode em seu living.

Sofá Le Corbusier, leão empalhado e luminária Archille Castiglioni.

Escultura e pinturas no apartamento novaiorquino.

Os animais empalhados morreram todos de morte natural, visto que Goode se opõe com veemência à ideia de matar animais.

O bulldog que foi empalhado exatamente na posição pedida pelos donos, veio do centro-oeste americano.

Cadeiras Charles Eames e armário em ferro antigo.

Cômoda em madeira e cadeira forrada em pele, desgastada pelo tempo.

Nas paredes amarelas, cascos de tartarugas. Mesa e banquetas industriais e geladeira azul, uma das cores preferidas por Eric Goode.

Lanternas japonesas no quarto contrastam com a cadeira dourada com revestimento preto.

Fotos: Alexandre & Emilie, Persona production.

homedit.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *