Claude e François Lalanne

O casal francês é autor de esculturas lindas, super conhecidas e desejadas. Claude Lalanne, nascida em 1924 em Paris, estudou na Ecole des Beaux -Arts e Ecole des Arts Décoratifs. François- Xavier nasceu em Agen, em 1927, e estudou pintura na Academia Julian, em Paris. Conhecidos como Les Lalanne, começaram a criar esculturas em dupla em 1956, desenvolvendo um estilo inventivo, poético e surrealista, empregando técnicas de galvanoplastia contemporâneas. Apesar de colaborarem ao longo de décadas, Claude e François- Xavier Lalanne alcançavam resultados conceitual e esteticamente diferentes. Claude com suas formas naturais. Animais e plantas cujas curvaturas se transformavam em mobiliário de formas suaves e elaboradas. François- Xavier também encontrou inspiração na natureza. Formas arquitetônicas, estruturas sólidas, de bronze, divertidas e de profunda simplicidade e engenhosidade. “O mundo animal tem as formas mais ricas e variadas do planeta”, dizia o artista. A obra dos Lalanne faz parte do acervo de importantes museus, como o Cooper Hewitt Museum, em Nova York, o Museu Nacional d’ Art Moderne, Centre Georges Pompidou , Musée d’ Histouire Naturelle em Paris, entre outros.

Les Lalanne em seu jardim, sentados em suas incríveis esculturas.

Poison Paysage V, de 2006.

De Francois-Xavier Lalanne's, Wapiti (Grand), 1996.

The Rhino Desk, rara e linda.

Concebida como escrivaninha, The Rhino Desk é comumente usada como bar.

Pomme d’Hiver, 2008, de Claude Lalanne.

Obras de Claude e François.

As linhas simples e fortes de François Lalanne. À direita, La Grande Ourse, de 1994.

O apuro estético é mais do que evidente nas esculturas do casal Lalanne.

fairchildgarden.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.