“bar luce”, por Wes Anderson para Fondazione Prada

“bar luce”, por Wes Anderson para Fondazione Prada, em Milão,  é uma reminiscência da cidade em si, mas também lembra os clássicos filmes neo-realistas italianos dos anos 1950 e 1960. Anderson, diretor de cinema consagrado, experimenta uma nova forma de expor seu talento, agora através do design de interiores. As cores escolhidas eram usadas no Brasil em mobiliário escolar, e a fórmica era uni presente nos lares e bares brasileiros e também ao redor do globo. Hoje de volta à ativa, o material oferece inúmeras possibilidades e cores e o diretor soube usar com muito charme.  O papel de parede e os painéis de madeira, sutilmente conduzem o olhar para o teto arqueado, replicando o teto da Galleria Vittorio Emanuele, lugar turístico símbolo em Milão. Imaginando um lugar para confortavelmente escrever um filme e passar as tardes de ‘não-ficção’, Wes Anderson concebeu um espaço onde o público pode se sentir em um dos seus sets de filmagem, enquanto desfruta de um spritz milanese.

4e

A decoração leva os frequentadores direto para o meio do século passado!

fondazione-pradas-bar-by-wes-anderson_designboom_018

As máquinas de pinball Steve Zissou e o piso de granilite!

fondazione-pradas-bar-by-wes-anderson_designboom_025

Vista geral do “bar luce”, da Prada.

fondazione-pradas-bar-by-wes-anderson_designboom_028

“bar luce”, na Fondazione Prada, em Milão.

fondazione-pradas-bar-by-wes-anderson_designboom_029

Cadeira revestida em rosa.

fondazione-pradas-bar-by-wes-anderson_designboom_031

Os lugares individuais contam com pequenas mesas.

fondazione-pradas-bar-by-wes-anderson_designboom_035

O teto que lembra a Galleria Vittorio Emanuele.

fondazione-pradas-bar-by-wes-anderson_designboom_015

A fachada, simples e elegante.

fondazioneprada.org

via: designboom.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *