Apartamento pequeno e elegante em Londres

Beata Heuman e sua designer sênior Fosca Mariani assinam decoração vibrante e acolhedora em edifício tombado

Os jovens proprietários deste apartamento de dois quartos no térreo de uma elegante casa de meados do século XIX, em bairro arborizado no oeste de Londres, consideram seu achado um diamante bruto. A engenhosidade da designer de interiores sueca residente em Londres Beata Heuman e sua designer sênior Fosca Mariani, aumentou a percepção de amplidão, equilibrando os desafios de redesenhar o espaço dentro das restrições de um edifício listado como Grau II e fez valer cada centímetro. “Os detalhes são sempre muito importantes para nós, mas são ainda mais importantes num espaço pequeno, porque tudo é vivido de perto”, explica a designer. O segredo era criar uma sensação de diferentes áreas e ambientes “para que os proprietários não ficassem entediados com o único cômodo principal que possuem”, acrescenta ela. A cozinha, living e jantar são na verdade são um só, integrados, e Beata e Fosca precisavam satisfazer as diversas demandas de cozinhar, relaxar, trabalhar e entreter. O truque foi diferenciar as áreas de cozinhar e estar, instalando uma cozinha em forma de U. Isso criou imediatamente uma superfície adicional para uma banqueta, algo que os proprietários realmente queriam”, diz Beata. A marcenaria customizada também aproveitou a impressionante altura do teto e o fluxo de luz, constantemente filtrado pelas grandes janelas. “Com todo aquele volume vertical, arte e estantes conduzem o olhar para cima”. As bordas arredondadas dos armários da cozinha, dos tampos de mármore e mesa de jantar – até mesmo de um dos sofás – fornecem ‘toques sutis de boas-vindas que tornam mais fácil e leve se mover no espaço’. A cor foi adicionada em móveis e arte. Placas decorativas vintage adicionam interesse ao espaço todo branco. Os veios azuis e verdes do mármore Cipollino Verde que aparece na cozinha quase se assemelham a uma paisagem pictórica. Um kilim vintage na cozinha funciona como um isolamento acústico discreto. E uma cabeceira teatral no quarto principal e o tom azul-celeste profundo das paredes do banheiro – satisfazendo o desejo do cliente por algo inesperado, explica Fosca – adicionam personalidade e caráter. “Esse contraste torna o espaço total ainda mais variado e interessante”, diz Beata, e completa: adicionar um pouco de tudo em um espaço garante que haja muitas coisas diferentes para olhar e que o espaço possa evoluir naturalmente.” O resultado é um apartamento elegante que ressoa ‘calor e magia’, como atestam os proprietários. “Depois de morar aqui por mais de um ano”, diz a mulher, “ainda temos momentos em que um determinado detalhe chama a nossa atenção e paramos para apreciar sua beleza”. Super bacana e inspirador! 

Beata Heuman: https://beataheuman.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *