A arte do designer Gustavo Bittencourt

A arte do designer Gustavo Bittencourt começou a ser lapidada ainda na infância. Filho de uma arquiteta, conviveu com mobiliário assinado e muitos livros e antes dos dez anos fez os primeiros desenhos. Em 2009 Bittencourt se formou em Desenho Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, sua cidade natal. O desenvolvimento de móveis foi o foco de Bittencourt, que teve durante a faculdade seus primeiros móveis premiados em importantes concursos nacionais. A busca por novos conhecimentos, o aperfeiçoamento, e sua curiosidade o levaram a trabalhar com grandes ícones do cenário nacional como Zanini de Zanine, Marcelo Rosenbaum, Rodrigo Calixto, além da formação na Itália, no Politecnico di Torino e nos EUA, onde em 2011 trabalhou na Thomas Heyes Gallery em Los Angeles. Com vivências variadas e premiações no currículo, aos 27 anos Gustavo Bittencourt abriu seu próprio estúdio, em Petrópolis, em 2013. Ele se descreve como um designer com visão bastante industrial: “Quando projeto penso muito na execução, na fabricação, transporte, uso, desuso, manutenção. Em uma maneira de sempre facilitar a fabricação e toda esta logística de transporte”. Ou seja, o designer busca a simplicidade no processo todo e a interação com o consumidor – muitos de seus móveis são de encaixe. E gosta de “por a mão na massa” para entender os limites e possibilidades de cada material que experimenta. Um exemplo a ser seguido e admirado. Suas peças são simples, delicadas e ultra sofisticadas. 

Gustavo Bittencourt: https://www.gustavo-bittencourt.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *