Verdes e azuis apimentados pelo uso pontual do dourado

Os ecos da glória do estilo Liberty se cruzam aqui com um fio teatral e até cinematográfico. A proprietária de um apartamento em um antigo prédio milanês adora arquitetura de época, mas também adora  ópera e a extraordinária atmosfera de filmes do diretor asiático Wong Kar Wai. “Antes de comprar o apartamento, comprei o edifício”, conta Alessia Garibaldi, co-fundadora, com o engenheiro Giorgio Piliego, do estúdio de arquitetura GariLab, em Milão. Fachada bonita; no hall de entrada, a figura alada de Mercúrio, portas bem cuidadas, mas o interior do apartamento não encantou. Nas paredes, restos de memória do outrora esplendor do apartamento, duas portas velhas e um belo piso de cimento. Mas o resto? Terrível!  No entanto, Alessia gostou da ideia de reviver a história. As intervenções dos proprietários anteriores foram extensas e prejudiciais. O espaço foi dividido e até os tetos eram rebaixados. Mas o apartamento tinha potencial. Sua estrutura permaneceu intacta e as grandes janelas forneciam muito sol. Era apenas necessário restabelecer o antigo glamour, e para isso a primeira providência foi derrubar várias paredes. A sala de estar de hoje consiste em três antigos quartos pequenos; as divisões eliminadas criaram um espaço amplo e iluminado. Um ambiente longo, cortado por um arco Art Noveau, quase uma assinatura da época, cria uma transição entre as áreas de estar e jantar e a biblioteca, introduzindo um elemento surpresa. E então chegou a hora da próxima parcela, um pouco de mistério e mobiliário bacana.  As cores, que transitam entre verdes e azuis são apimentadas pelo uso pontual do dourado. Tudo lindo e muito chique!! Inspire-se! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *