Roseanna, livro de Maj Sjöwall e Per Wahlöö

Roseanna, livro de Maj Sjöwall e Per Wahlöö, é muito bom, daqueles que você pensa sobre enquanto conta os minutos para poder ler mais algumas páginas. Os autores, um casal sueco, foi o precursor dos escritores de livros policiais modernos no país e inspiraram feras como Jo Nesbø e outros importantes autores do gênero. Vale dizer que os suecos estão em alta no mercado editorial, e são mesmo bons. Tenho lido vários, todos ótimos. A aridez da neve abundante se reflete nas histórias e confere aquele toque de desolação comum à livros do gênero. O corpo de uma mulher de origem desconhecida é encontrado durante a dragagem de um lago na Suécia. Sem qualquer pista de quem poderia ter cometido o crime, o inspetor Martin Beck mobiliza sua equipe em uma busca internacional por um assassino sem nome e sem rosto. Passados três meses, tudo o que sabe é que a jovem se chama Roseanna e pode ter sido assassinada por uma das 85 pessoas que estavam em um cruzeiro pelo Canal de Göta. Ao longo de meses de investigação, a lista de suspeitos, antes inexistente, ganha alguns nomes, até a polícia se deparar com um possível assassino. Roseanna é o primeiro volume da série protagonizada por Martin Beck e considerado um excelente livro policial pela crítica especializada. “Os padrinhos de todo thriller escandinavo… Junto de escritores como Chandler, Hammett e Simenon, Sjöwall e Wahlöö moldaram o gênero como o conhecemos.”, diz Jo Nesbø sobre a dupla. Aposte para ler na praia!

Capa do livro Roseanna, do casal sueco

Capa do livro Roseanna, do casal sueco Maj Sjöwall e Per Wahlöö.

 ONDE ENCONTRAR:

Editora Record

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *