Rock Clássico na decoração em Paris

Rock clássico na decoração em Paris! Localizado a poucos passos do Jardins des Tuileries, o apartamento é o refúgio da agitada vida de um jovem casal. “Os proprietários queriam um espaço ao mesmo tempo tranquilo e vibrante”, dizem a uma só voz Karl Fournier e Olivier Marty, fundadores da empresa de arquitetura Stúdio Ko, responsáveis ​​pela renovação do imóvel. “O conceito clássico francês; em um espaço concebido de uma forma contemporânea e com toques exóticos”, completam. O apartamento parisiense tem pegada rock, mas não é absolutamente temático, pecado mortal na decoração. O uso de cores densas reforça o clima, atenuado pelo mobiliário clássico, uso de mármore nas áreas molhadas (mais clássico impossível), peças em bronze e uma gama de materiais nobres. A boiserie original do imóvel foi mantida e valorizada. Tradução: elegância pura!

O preto total direciona o brilho do espaço para a luminária em neon Michael Anastassiades. . 

Na biblioteca, o sofá azul revestido de veludo Pierre Frey se descola lindamente do fundo escuro, e evoca, em conjunto com o tapete, um ar de mata atlântica. Na parede, aplique chinês encontrado em mercado de pulgas e fotos de Bianca Sforni e David Hockney.

As cores do tapete remetem a ideia do balanço das folhas e a variedade dos tons da floresta. O bambu das cadeiras contribui para a atmosfera tropical.

Poltronas suecas dos anos 1930 adquiridas em Estocolmo fazem companhia ao par de mesas Henge. Foto Ali Al Karim, da Imane Farès Galerie, entre luminária e sofá, ambos Azucena. Na mesa lateral, cerâmica Johan Creten e composição floral Workshop Vertumne.

Foto de Ali Al Karim, da Imane Farès Galerie, e lareira projeteda especialmente para o apartamento revestida de cerâmica tunisiana.  Em primeiro plano, sofá vintage Poul Hundevad sobre tapete feito sob encomenda nas cores do apartamento, da Tai Ping.

A palmeira reproduz o desenho do papel de parede. A porta disfarçada, em interessante efeito óptico.

Mesa de pau-rosa assinada por Studio Ko e luminária Hans Agne Jakobsson. O papel de parede e a madeira reforçam o clima eco.

Na cozinha ladrilhos de cerâmica vitrificada verde esmeralda. 

Na sala de banho, sob um tampo em madeira, a banheira se transforma em banco, aumentando o conforto. Bancos em bronze Spring/Summer Valentin Loellmann, da Galerie Gosserez.

No quarto, a cabeceira desenhada pelo Studio Ko recebe duas esculturas/luminárias em mármore branco brilhante Matteo Zorzenoni. Fotografias de Félix González-Torres. Roupa de cama Caravan. 

 Fotos: Yannick Labrousse, via AD Magazine

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *