“Mother: Mazâ”, ou Laço Materno, na Netflix, filme de Tatsushi Ohmori

O drama/suspense japonês “Mother: Mazâ”, de Tatsushi Ohmori (Child of the Stars), lançado em novembro de 2020, pode ser visto na Netflix e tem com 2 h e 6 minutos de duração. A trama acompanha uma mãe solteira sem noção e abusiva, Akiko (vivida por Masami Nagasawa), do garoto Shuhei (vivido na infância por Sho Gunji e na adolescência por Daiken Okudaira), que tem um controle absurdo sobre o filho que tinha um potencial para ser alguém na vida mas ela destrói toda e qualquer possibilidade, além de também destruir a própria vida. O filme – baseado em fatos reais – é bem dirigido, violento, comovente, revoltante, perturbador, tem boas atuações dos protagonistas, boa direção de arte, ritmo lento e um roteiro muito interessante e com final previsível, que aborda um dos motivos que leva alguém a cometer um assassinato. A negligência de uma mãe e a falta de um lar estruturado pode arruinar um ser humano que nasce com todas as possibilidades e é podado completamente e não vê saída. A mesma mãe que lhe deu a vida também o prende numa dependência emocional, e é claro que precisa do filho para sobreviver, o que ele mesmo muito menino, consegue intuir. Vale a muito a pena assistir se tiver estômago para uma tragédia anunciada. Fiquei muito angustiada, especialmente por saber que á uma história baseada em fatos reais, sempre muito pior do que a ficção, mas adorei o filme, bem construído e excelente opção. Na Netflix. Aproveite e veja também o fofo Bem-vindo a Marly-Gomont, ou The African Doctor, também baseado em fatos reais e também na Netflix.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *