Moderno + antigo, em Maiorca

Localizada em um bairro tranquilo de Palma de Maiorca, na Espanha, esta modesta casa com terraço tem projeto moderno do escritório Feina, que misturou um sistema construtivo dos mais atuais à beleza do artesanato local. A construção da casa ecoa a rica tradição de artesanato da ilha, na qual pedreiros, carpinteiros e ceramistas fazem maravilhas com materiais dos mais simples, em Maiorca há séculos. Os arquitetos Aina Salvà e Alberto Sánchez  incorporaram toda a expertise desses artesãos, em colaboração estreita, e conseguiram um resultado que combina perfeitamente uma estética de vanguarda com sensibilidade artesanal. O uso criativo do compensado foi decidido a partir do briefing que exigiu a construção de um piso adicional. A necessidade de uma solução leve que não sobrecarregasse a estrutura de pedra existente foi atendida por um sistema pré-fabricado baseado em placas de madeira compensada de álamo , cuja geometria ornamental surgiu de testes rigorosos e otimização estrutural, bem como das capacidades de corte das máquinas super modernas. Apesar da sua origem industrial, tornada ainda mais óbvia pela decisão de apresentar a madeira compensada em seu acabamento original e expor os pinos e juntas, a geometria estrutural variada dos novos tetos reflete a ornamentação de arabesco da cidade velha de Palma, sutilmente ligando o passado ao presente. A estética bruta da estrutura de madeira compensada, que é captada por outros elementos de madeira compensada na casa, como por exemplo uma escada divertida, peças de mobiliário e caixilhos de portas e janelas, permeia todo o projeto. Materiais de construção de origem local, como madeira, pedra e terracota, foram em sua maioria mantidos em seu acabamento natural, enquanto seus vários graus de industrialização refletem a contribuição de artesãos locais. A paleta predominante de tons terrosos é pontuada por toques de tons vibrantes de azul, menta e vermelho que foram aplicados a portas internas, caixilhos de janelas e persianas e uma pérgola delgada no quintal. Maiorca é conhecida pela produção de azulejos, portanto, não é surpresa que a Plywood House tenha uma variedade de peças artesanais, desde ladrilhos quadrados de terracota no pátio até motivos de arabescos encontrados dentro da casa. Ecoando os padrões geométricos da estrutura de madeira compensada, os pisos são divertidamente cobertos por telhas de cimento diagonais que foram projetadas sob medida pelos arquitetos e fabricadas pela Huguet , uma empresa local que fabrica telhas de cimento feitas à mão em Maiorca desde os anos 30, enquanto Miquel Soler , outro fabricante local, fabricou à mão os azulejos alongados de terracota que adornam a fachada e a piscina, brilhando sedutoramente sob o sol. O uso cuidadoso dos materiais de construção é refletido na consideração cuidadosa de algo menos tangível, mas igualmente importante: luz natural. Muitas janelas e poços de luz enchem a casa com luz do dia abundante, enquanto divisórias translúcidas e aberturas internas permitem que mesmo quartos sem janelas localizados no coração da propriedade sejam naturalmente iluminados. Alguns quartos estão encharcados pela luz do sol da manhã, ideais para madrugadores, outros que apreciam o sol da tarde junto com vistas para o castelo criam uma sala de estar perfeita, enquanto outros apenas apreciam a luz difusa. Luz e vistas não são os únicos fatores que diferenciam os espaços: salas com massa térmica (paredes de pedra) são mais frias no verão, enquanto outras são mais facilmente aquecidas no inverno. Para permitir essa migração sazonal, todos os quartos, além dos banheiros e da cozinha, foram projetados sem uso fixo, permitindo que os ocupantes os reconfigurem facilmente à vontade. Além dos benefícios práticos, a configuração adaptável da casa está alinhada com a flexibilidade que os arquitetos demonstraram no que diz respeito à tradição e inovação, artesanato à mão e produção industrial. Adorei!!!

Feina Studio: https://feinastudio.com/

via: Yatzer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *