Marzio Cavanna

O arquiteto italiano Marzio Cavanna, depois de decorar casas de inúmeros clientes, encontrou para si próprio o lugar idealizado para suas peças vintage. Pleno de luz natural, planta descomplicada, detalhes arquitetônicos preservados. O elevador ainda original,  impecável trabalho em gesso e piso de granilite também original fizeram com que Cavanna, que conhece muitos imóveis, se decidisse pela compra do apartamento dos anos 1930 nos arredores de Milão. “As características originais das portas, janelas e piso, eram exatamente o que eu procurava em um imóvel”, diz Cavanna. Efeitos dramáticos, uso intenso do cinza, coleção de objetos decorativos e mobiliário assinado. Receita infalível nas mãos competentes de Marzio Cavanna.

Hall de entrada clássico no apartamento milanês.

O elevador, original, comum em prédios europeus, mármore e piso de cacos.

O cinza das paredes acolhe com elegância a cadeira de balanço e a escultura “Bird”, de Charles Eames.

O cinza aparece também  no tapete. Piso em madeira em paginação espinha de peixe, bem clássica. Cadeiras Charles e Ray Eames, mesa Saarinen. 

Linhas retas na lareira.

O piso de granilite é original do apartamento. Cadeiras Harry Bertoia para Knoll. Mesa simples em madeira e ferro.

A monocromia de Cavanna. Chic e atemporal.

Serenidade no quarto , ambiente onde o arquiteto Cavanna passa a maior parte do tempo.

No banheiro da suite, luz no piso e cinza nas paredes. Cuba Boffi.

Fotos: Davide Lovatti/VEGA MG

Elle Decoration

boffi.com

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.