Marie-Hélène de Taillac

No último andar de um edifício em Paris, perto da sua loja em Saint-Germain-des-Prés, com terraço e magnólias, a designer de jóias Marie-Hélène de Taillac vive com o filho Edmond. “Adoro ver as nuvens”, diz ela. “É por isso que eu amo este apartamento. No verão estamos fora no terraço, e no inverno estamos perto do fogo”, completa. Mobiliário em cores fortes dão vida e graça ao apartamento da designer. Sofá e poltronas Pierre Paulin, grande nome do designer francês, fazem companhia para lá de estrelada às jóias da dona da casa, assim como às peças encontradas nos mercados de pulgas parisienses, tão lindas quanto, como é o caso do conjunto da sala de jantar dos anos 1970. Marie-Hélène sempre sonhou em ter lojas em Paris, Nova York e Tóquio, e conta que quem mais a inspirou foi o estilista especialista em chapéus Philip Treacey, um apaixonado pelo seu ofício. O trabalho com pedras antigas mantém Taillac com os pés em terra firme. Gemas, ela acredita, tem propriedades especiais: opala de fogo para a fertilidade, quartzo para a depressão. “São milhares de anos na terra antes de fazer uma pedra. Leva tempo para fazer algo bonito. Gemas são as estrelas da terra.” Palavras de Marie-Hélène.

Marie-Hélène Taillac em seu apartamento em Paris.

A mesa 1970 veio do Marché aux Puces de Saint-Ouen. Papel de parede prata "de Gournay", customizado por um amigo de Marie.

Móbile de jóias.

Um regimento de cofrinhos Miffy, personagem infantil holandês, foi comprado em feira de rua.

O espelho convexo reflete o living do apartamento parisiense.

Paredes brancas recebem as poltronas Mushroom Pierre Paulin.

Sofá Pierre Paulin.

Cadeira Tom Dixon, colcha Kashmir Loom. Vista da janela direto para a igreja Saint- Sulpice e para o bairro Saint-Germain-des-Prés.

A fachada da boutique de Marie-Helène em Paris, na Rue de Tournon.

As peças de Marie-Helene.

Fotos:  François Halard; Deidi Van Shaewen

nytimes.com

 

One Response
  1. Valeria,
    que lugar lindo e aconchegante.
    A percepção dela em relação às gemas é idêntica a minha.
    As peças devem ser maravilhosas tb.
    Abraço da Tereza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *