Hôtel du Sentier, lindo, em Paris

Champs Elysees e o impressionante Arco do Triunfo e também o fofo Monmartre e as noites românticas sur-Seine – mas Paris é muito mais. O bacana Hôtel du Sentier, é a melhor desculpa para mergulhar na história da Le Passage du Caire, a passagem coberta mais antiga de Paris! Construída em 1798, a Le Passage du Caire é também a mais longa e a mais estreita e caminhar por ela é como dar um passeio agradável por uma rua egípcia. Com seu telhado de vidro em arco, três alas e seis entradas para a rua, tem uma história rica: foi projetado para celebrar a campanha vitoriosa de Napoleão no Egitoé um símbolo da Egiptomania que dominou a França naquela época. Alguns destaques principais são as três estátuas erguidas à deusa Hathor (reconhecíveis por suas orelhas de vaca emblemáticas), bem como os baixos-relevos na fachada, classificada como Monumento Histórico da França. A dois passos da Cour des Miracles, esta passagem parisiense concentrou sua atividade comercial na impressão e litografia até o final do Segundo Império, quando os alfaiates assumiram. De manhã, você pode testemunhar o tecido sendo carregado nos carrinhos – um exemplo perfeito do charme da Passage du Caire. Esta passagem histórica evoluiu junto com a vizinhança. E se a Passage du Caire é hoje a casa do Hôtel du Sentier, um lugar para relaxar e se sentir em casa, é apenas uma indicação de como este pequeno segmento do bairro de Sentier, este mini-Egito – localizado ao lado da rue du Nil, a rue d’Alexandrie e a rue d’Aboukir – mudou, e continua a mudar, ao longo do tempo. A place du Caire está destinada a se tornar o novo local favorito dos parisienses: uma “praça da aldeia” para desfrutar de encontros e relacionamentos. Construir um hotel em uma passagem com patrimônio histórico é complicado, então o foco principal foi conectar o passado ao presente. O Hôtel du Sentier traz o conforto de um apartamento parisiense, reproduzindo o calor e o convívio de uma casa em um marco de hospitalidade atemporal. Após 18 meses de obras de renovação, l’Hôtel du Sentier parece encantador: como se sempre tivesse estado pronto para receber seus hóspedes. O hotel oferece um total de 30 quartos: cinco em cada um dos seis andares. E possui 76 janelas impressionantes, cada uma mais fascinante que a anterior. As janelas em forma de trevo merecem um pouco mais de atenção, pois o trabalho final é idêntico ao projeto original de 1826. Esta característica excepcionalmente rara contribui para uma autenticidade distinta. Todos os quartos são banhados pela luz do dia, com vista para a cidade, mas em um ambiente tranquilo, e equipados com tecnologia de primeira. Esses contrastes contribuem para o charme relaxante desses casulos não convencionais. Quartos comunicantes para os que viajam com crianças ou em grupo e dois duplex com terraço panorâmico com vista para a capital francesa, o que, vamos combinar, não é pouca coisa. Cada elemento foi cuidadosamente selecionado, com a máxima atenção à qualidade dos materiais (carvalho maciço, interruptores de porcelana negra, mármore nos banheiros, piso de madeira clara), sempre com um perfume dos materiais originais. L’Hôtel du Sentier combina perfeitamente com seus arredores: animado, descontraído e inclusivo. As áreas comuns estão abertas aos hóspedes do hotel, habitantes locais, amigos em visita e turistas despreocupados. A atmosfera informal se estende até o terraço ensolarado, no cruzamento de várias ruas movimentadas. Este local é acima de tudo ideal para conviver, conversar, e para partilhar momentos agradáveis com amigos, colegas ou estranhos. Vamos sonhando para quando for possível viajar, ok? 

https://www.thehoteltrotter.com/new-entry-hotel-du-sentier-is-hidden-in-the-heart-of-an-authentic-parisian-neighbourhood/#

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *