Grzywinski+Pons assina o projeto Buckle Street Studios em Londres II

O escritório Grzywinski+Pons assina o projeto de uso misto, Buckle Street Studios, em Londres. O prédio de treze andares é composto por 103 apartamentos compactos, um espaço de coworking, mezanino, cafeteria, salas de reunião e uma loja conceito, repletos de beleza, beleza, inovação e uma abordagem rigorosa aos detalhes. “Cada projeto está repleto de desafios – restrições de zoneamento, código, orçamento, cronograma e até mesmo preocupações políticas. Nosso processo envolve essas realidades como inspiração e não como impedimento, gerando resultados que transcendem soluções preconcebidas e evitam as armadilhas da inovação pela inovação”, explica a turma de profissionais. Como profissionais credenciados pelo LEED, o Grzywinski+Pons adota princípios de sustentabilidade em design. “Desenvolvemos um trabalho diversificado, nas áreas de varejo, comercial, hotelaria e residencial, que conquistaram atenção e aclamação internacional. Nós nos orgulhamos não apenas das manifestações de nossos esforços, mas de nosso relacionamento com clientes, membros de equipe, consultores e trades”, completam. Neste novo projeto, a permanência nas áreas comuns (que você pode ver no post anterior) é incentivada com banquetas curvas, sofás e bancos macios espalhados por toda a área. No mezanino, o espaço de coworking é um antídoto calmo para a loja conceito lúdica. O rigoroso expressionismo estrutural do mezanino é suavizado com uma balaustrada de madeira integrada e painéis canelados, acabamentos em gesso, cortinas delicadas e móveis suaves. Os pisos e rodapés de marcenaria fixa são revestidos em tijolo complementando a fachada do edifício. Para os apartamentos, de espaço diminuto, cores pastéis, um rosa pálido como fundo, mobiliário em madeira clara, funcionalidade e materiais orgânicos têm sua textura e profundidade amplificadas pela luz direcional agrupada das janelas posicionadas para que se possa apreciar o entorno. O mobiliário planejado especialmente para organizar pequenos espaços em áreas para atividades díspares, foram inspirados nas cabines dos barcos onde a qualidade e o conforto transcendem as proporções compactas. Ao vincular suntuosos sofás personalizados a camas e projetar mesas compactas em camadas, prateleiras lineares rasas e bandejas de madeira suspensas, o imperativo facilidade + eficiência rendeu uma estética abrangente que consegue parecer luxuosa. A paleta: argila com cor blush, sálvia, madeira, juta, pedra “cremosa” e neutros aveludados, contribuem ainda mais para a serenidade dos estúdios. Lindo e ultra cool! Adorei!

Grzywinski+Pons: http://gp-arch.com/

via: Yatzer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.