Elementos originais no lindo apartamento em Madri

“A primeira vez que vimos este apartamento, ficou claro que era exatamente o que estávamos procurando: um espaço grande, brilhante, antigo … Apesar de estar completamente pintado em vermelho escuro!” Kenneth Lopez e Mario Anton, especialista em publicidade digital e artista, respectivamente, são os novos moradores deste imóvel em Madri, localizado no bairro de Palacio. A Europa conta com muitos imóveis realmente lindos, com as características originais praticamente intactas, e esse em especial, está com sua estrutura interna preservada. A construção é do início do século XIX. “No edifício todo, a nossa é a única casa que tem o piso preservado, assim como a distribuição original”, contam eles. Com os seus 190 m2 , varandas voltadas para a rua e pé direito com mais de três metros, o apartamento tem aquela disposição um tanto palaciana de espaços intercomunicados. “Evoca o passado, tempo em que havia um ambiente para cada atividade: ler, costurar, dormir, receber… Tentamos manter esse espírito, e todos os espaços têm um papel de destaque. E nós conseguimos porque fazemos a vida acontecer em todos eles”, completam. Com a sensação de estar diante de um tesouro histórico, as mudanças que empreenderam foram mínimas. “Sabíamos que apenas pintar as paredes de branco bastaria para destacar o piso de ladrilhos e todos os objetos que pensávamos acomodar”, recordam. Além da cor, a intervenção limitou-se a reformar os dois banheiros e instalar uma cozinha moderna ao lado do antigo fogão a carvão. “Era o único que existia e não hesitamos em mantê-lo”, diz Kenneth. “Também guardamos a pia de mármore antiga na lavanderia, que eu uso como cantinho para jardinagem, um dos meus hobbies“, diz Mario. As portas e janelas não foram repintadas, e tem esse branco amarelado, resultado da ação da luz e da passagem do tempo. “Demos prioridade à história sobre praticidade. No começo, pensamos em expandir a sala, mas rapidamente decidimos não tocar em nada. Agora estamos felizes”, dizem eles. Na hora de definir a decoração, eles se inclinaram para um estilo francês do século XIX, no qual há espaço para peças icônicas dos anos 1960 e 1970 e obras de arte de amigos e artistas emergentes. “Nos sentimos como nos séculos XVIII e XIX, quando as pessoas começaram a viajar e colecionar, com aquele fascínio por curiosidades e objetos exóticos. Quando compramos, procuramos coisas alinhadas com os espaços e que têm a mesma importância. Tentamos pensar se a casa gostaria: não queremos que ela fique com raiva de nós “, concluem rindo. O apartamento é lindo!!

via: https://www.revistaad.es/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *