Edie, Girl on Fire

O livro Edie, Girl on Fire, de Melissa Painter e David Weisman, traz muitas fotos da modelo americana. Musa de Andy Warhol, Edie Sedgwick levou uma vida agitadíssima. Quando Warhol a conheceu, caiu de amores por ela e a colocou em muitos dos seus filmes, Poor Little Rich Girl, o mais famoso, e em outros títulos, como Restaurant, Face, Afternoon e Kitchen. Amigos inseparáveis, eram vistos e fotografados em todos os lugares e festas bacanas de Nova York. O cabelo muito curto, a maquiagem carregada e a atitude segura e sexy fizeram de Edie um ícone, e a colocaram no topo. Rica herdeira do inventor do elevador, seu avô, Edie gastava como consumia barbitúricos, e isso quer dizer muito. Quando a modelo se apaixonou por Bob Dylan, Warhol a substituiu nos filmes e aparições públicas, e passou a evita-la. O rompimento com Dylan piorou a situação, e Edie, que já havia acabado com sua herança, passa a consumir drogas em quantidades industriais. Casa-se com Michael Post e consegue por um curto período se manter longe das drogas. Aos 28 anos, morre de overdose, em sua cama, em Santa Bárbara, Califórnia.

Capa do livro "Edie, Girl on Fire", de Melissa Painter e David Weisman.

Edie faz graça no seu apartamento em Nova York.

Edie Sedgwick e Andy Warhol.

A vida de Edie foi transformada em filme, Factory Girl, com Sienna Miller no papel principal. Na foto, Edie e Warhol.

Edie, linda.

amazon.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.