CASACOR São Paulo 2021 I

A CASACOR São Paulo vai até 15 de novembro e para variar, está linda e com muitas soluções legais, inovadoras e super inspiradoras. A maior experiência do viver das Américas acontece no Parque Mirante, na Rua Padre Antônio Tomás, 72, anexo ao Allianz Parque. A mostra ocupa também todo o rooftop do prédio, com vista privilegiada para o Pico do Jaraguá. O tema deste ano é “A Casa Original”. A inspiração para esse conceito surgiu antes da pandemia que trancou todos em casa e impôs novas reflexões sobre o morar contemporâneo. A tendência, captada no mundo pré-pandemia se tornou ainda mais presente e a resposta do elenco CASACOR pode ser vista e vivida em mais de 9.000m² de área construída, com 56 ambientes, entre casas, estúdios e lofts. Assinados pelos principais nomes da arquitetura brasileira e jovens talentos, “A Casa Original” promove uma série de reflexões, sobretudo pelo evidente desejo de retorno às origens, de buscar na ancestralidade e na simplicidade o necessário equilíbrio entre o passado e o futuro. A experiência proposta pela CASACOR São Paulo começa logo na entrada, onde o artista convidado, Felipe Morozini, apresenta uma instalação sinestésica e imersiva. Ele convida o visitante a entrar no universo de CASACOR, por meio de um grande túnel, no qual as moradas da natureza, como colmeias, ninhos de João de Barro, cupinzeiros, conchas de moluscos e casulos, representam a casa ancestral, dando início à grande viagem proposta pelo evento. A instalação, chamada “Uma Luz no Fim do Túnel”, é 100% sustentável e feita com materiais reaproveitáveis ocupando toda a entrada, com grandes painéis de LED, que vão exibir projeções criadas pelo artista. A obra segue pelos elevadores e termina no rooftop do prédio. “Sempre tive o desejo de materializar a sensação coletiva da luz no fim do túnel e fazer a entrada da CASACOR São Paulo me trouxe essa oportunidade. A ideia é falar um pouco de esperança nesse momento adverso que vivemos, trazendo o exercício de olhar para trás, pensar no que já aconteceu. Além disso, quis celebrar os arquitetos da natureza, com um olhar que coloca o que é pequeno em proporções grandiosas. Quem visitar o espaço vai viver uma experiência única e muito pessoal, com as imagens, cheiros e sons”, conta Morozini. “Ao longo da mostra, o público vai encontrar diversas interpretações do tema central. Seja no uso de materiais como cerâmica e carvão, das texturas naturais e na paleta de tons terrosos e suaves, que evocam a necessária suavidade e harmonia. Há muitos ambientes fluidos, que propiciam a convivência, sempre banhados de luz natural e muitas plantas, ecos da imersão que estamos vivendo nessa pandemia”, diz Livia Pedreira, presidente do Conselho Curador da CASACOR São Paulo”. Parte fundamental do DNA de CASACOR, a sustentabilidade continua sendo não apenas a maior tendência do segmento, mas a força motriz de toda a mostra, que tem alcançado níveis surpreendentes com seu programa de gestão de resíduos, alcançando a incrível marca de 99,3% de reaproveitamento de resíduos. Além de adotar medidas como obra secas, economia e reutilização de recursos hídricos, economia de energia, coleta seletiva, programa de reciclagem e destino adequado para resíduos, promovendo a economia circular, a mostra também realiza doações de materiais de construção resultantes do desmonte do evento para ONGs. Mais? No próximo post. Olho aberto e corra para comprar seu ingresso/agendar sua visita. 

CASACOR São Paulo: https://casacor.abril.com.br/mostras/sao-paulo/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *