O biombo na decoração

Inventado pelos chineses durante a dinastia Han (206 a.C-220 d.C), eram inicialmente de papel, seda ou madeira e serviam de suporte para pintura ou caligrafia. No século VIII, o biombo foi apropriado pelos japoneses e recebeu o nome de “byobu”, que significa “proteção contra o vento”. O biombo laqueado apareceu no fim da dinastia Ming, já no século XIV, e com o passar do tempo novas técnicas e materiais começaram a surgir, e o biombo foi ganhando características japonesas, distanciando-se do padrão chinês original. Usado no Japão para fins diversos, como a cerimônia do chá, cerimônias de casamento, quartos de bebê e outros, recebe em cada uso, design e nomes diferentes. No século XVII o biombo chega a Europa e conquista o mundo. Antes usado para conferir privacidade à troca de roupas e como proteção contra o vento, o biombo tem hoje diversas funções, ou função apenas decorativa. Integra ou separa ambientes, pode ser usado como cabeceira, como fazia Coco Chanel, que tinha nada menos que 32 biombos Coromandel. ( nome dado em alusão à ilha de onde saíam os biombos para a Europa ). Modernos ou antigos, podem ainda ser úteis para esconder parte de um ambiente. Uma ótima solução de decoração. Eu acho lindo!!

via: ABD Conceitual: http://abd.org.br/novo/

Loja Teo: http://lojateo.com.br

Claire Brody: http://clairebrodydesigns.com/

Fotos: Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *