As cores de Jean de Just

As cores de Jean de Just foram fundamentais na decoração desse apartamento para um cliente brasileiro. O europeu usa a cor com mais tranquilidade, e nos últimos anos, nós, dos trópicos, estamos criando coragem para fazer o mesmo. Talvez um dos maiores desafios que os designers de interiores enfrentam seja criar um espaço que seja um reflexo tanto da sensibilidade do cliente, quanto de sua própria sensibilidade. Mas o decorador francês Jean de Just e seu cliente tiveram conexão imediata, foi amor “à primeira cor”. Na verdade, o cliente de de Just o contratou exatamente pelo uso inteligente que o profissional faz das cores. “O cliente disse: vou contratá-lo porque o que você está vestindo é bem colorido”, diz De Just. Ele não só usa bem a cor, mas de Just (que estudou design sob a lenda de Alberto Pinto) também é um mestre em misturar tons e estampas dramáticas em seus interiores – para a felicidade desse cliente em particular. Na sala de estar, que se abre para um grande terraço, pintura à mão nas paredes. As poltronas são cobertas com sedas chinesas em amarelo e rosa, compradas em uma de suas viagens ao exterior. O quarto da filha do dono da casa apresenta azuis bacanas e um mural de um artista indiano, enquanto o quarto principal é um refúgio de tons quentes (pense em rosa!) O papel de parede? Floral. No geral, de Just descreve este apartamento como uma representação de seu cliente: alegre. E, realmente, essa é uma descrição perfeita de como nos sentimos quando olhamos para essa decoração descolada. Adorei!! 

Jean de Just: http://jdj-interiores.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *