Apartamento térreo em Nova York, por Arthur Casas

Em um elegante edifício pre-guerra de cinco pavimentos, a poucos passos do Central Park, em Nova York, este apartamento térreo precisou passar por uma ampla reforma. O objetivo do projeto era trazer a luz natural para dentro e recriar os espaços, eliminando divisórias e unindo visualmente os ambientes. A economia de elementos foi uma das diretrizes do projeto, assinado por Arthur Casas, cuja organização foi estabelecida nos diferentes níveis existentes. O living foi concebido como o espaço principal, com seu pé-direito de 06 m de altura. É ele que conecta os três pavimentos por meio de uma escada que conduz ao basement – agora transformado em suíte de hóspedes e área de serviço –, e de uma passarela no nível superior, que se estende até o dormitório dos filhos. O jardim é separado do living por grandes portas de vidro que se recolhem por dentro das paredes, integrando as áreas internas e externas. Formas orgânicas, talhadas em portas de madeira com mais de 12 cm de profundidade, contrastam com o minimalismo da decoração e ajudam a dar peso ao conjunto. Desenhado e esculpido por Michael Coffey, este trabalho de marcenaria, com seus traços fluídos e personalidade marcante, talvez simbolize a essência do projeto. Tons sóbrios e neutros, gestos simples e a escolha do mobiliário, que exibe parte expressiva do melhor do design norte-americano do século XX, com peças de ícones como George Nakashima, Peter Lane, Edward Wormley, entre outros, são pontos-chave deste projeto. Casas, um dos mais importantes arquitetos brasileiros, tem na atemporalidade uma de suas marcas, além do rigor estético, seguramente responsáveis pelo calibre de seu sucesso, no Brasil e no mundo. Um super craque. Inspire-se! 

Arthur Casas: https://www.arthurcasas.com/

Michael Coffey: http://michaelcoffeysculptor.com/;

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *