Townhouse em Nova York

A designer Annabelle Selldorf tem um trabalho bastante reconhecido na América, e foi ela quem comandou a reforma da townhouse do galerista Christophe Van de Weghe e sua esposa, Anne-Gaëlle. Com a ajuda de Francis D’Haene, do D’Apostrophe Design, Selldorf adequou a casa de 05 andares no Upper East Side em Nova York para o casal belga. Concluída em 1887 por Charles Graham, a casa havia se despojado de muitos de seus refinamentos, e transformada em apartamentos em algum momento do século XX. Os Van de Weghes compraram a propriedade com o intuito de criar um lugar confortável para viver e criar os filhos, e o que era, segundo o proprietário, apenas uma fachada e uma casca vazia, ressurgiu em plena forma. A graça da Gilded Age e a proximidade com a galeria de Van de Weghe, definiram a questão. Especialista em obras de Jean- Michel Basquiat, Alexander Calder, Duane Hanson, Andy Warhol, entre outros nomes da arte moderna e contemporânea, Van de Weghe leva para sua townhouse novaiorquina o charme e a beleza das obras de arte mais importantes do século XX.

Sofás vintage Paul Evans, poltrona Jean Prouvé, móbile Alexander Calder e obras Jean-Michel Basquiat. Tapete Tai Ping.

Luminária Vilhelm Lauritzen para Louis Poulsen sobre mesa Martin Szekely. Cadeiras Eero Saarinen para Knoll. Foto Cindy Sherman e pintura Lucio Fontana.

TV Samsung sobre painel de carvalho na suite master.

Sala de banho da suíte master com banheira e metais Waterworks.

Tristan e Emma, filhos do casal com o cão Cookie na cama De La Espada, no quarto das crianças.

Mármore no banheiro.

Fotos: Oberto Gilli

architecturaldigest.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *