Dois dias em Coimbra, Portugal. Dia II

Coimbra é uma cidade animada, cheia de jovens estudantes!

Que Portugal é lindo você já sabe, e que tudo é muito perto, também. Todo mundo fala que alugar um carro é boa ideia, e é mesmo, mas apenas, na minha opinião, se você vai de fato se deslocar entre cidades. Eu e Suzana, minha companheira de viagem, resolvemos ir de trem de Porto para Coimbra, e alugar o carro na saída de Coimbra para Tomar, nossa próxima parada. Foi uma ótima decisão, porque nas cidades menores o bom é andar a pé e nas grandes, o tempo que você passa procurando se achar no mapa, poderia ser usado para passear. Em Coimbra, ex-capital de Portugal, o fado é patrimônio e obrigatório,  mas sempre é programa pega-turista. Conforme-se! Vá de barriga cheia, mesmo se um jantar estiver no programa, e aproveite a cantoria. O Museu de Machado de Castro, um dos mais importantes de Portugal, vale mesmo a pena. Reserve pelo menos três horas. As igrejas, das quais sou fã incondicional (entro em TODAS), são belíssimas, e destacaria a Sé Velha, construída no século XII e a Igreja de Santa Cruz. O Arco da Almedina era o principal acesso à muralha medieval e aí começa a subida entre ladeiras e ruelas para a parte alta da cidade. Uma das ladeiras é tão violenta que é chamada de “Quebra-costas”. Então, parar para tomar fôlego (acredite, você vai precisar) e observar o movimento dos estudantes com suas capas pretas esvoaçantes é muito legal. Ou aproveite para comprar os presentinhos na Carlos Thomás, uma loja bem bacaninha de cerâmica local. O Aqueduto de São Sebastião é outra atração bacana. Penso que andar a pé é sempre a melhor opção, pois é possível descobrir lugares que não estão no mapa e que tem mais a ver com você. Tempere tudo com um dos excelentes vinhos portugueses.

2 Responses
  1. Sim, Coimbra é bem mais que a Universidade e as suas fotos captaram bem isso, Valéria. Tem o glamour de uma cidade que já foi capital. Tem milhares de anos de história e a visita ao museu Machado de Castro é mesmo um programa imperdível, essencial para entender e vivenciar essa história. Fiquei encantada com tudo que vimos por lá!

    • Eu adorei Coimbra, Suzana, e para falar a verdade, me surpreendi muito com tudo o que vimos por Portugal. Achei um país encantador!
      Beijo
      Valéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *