A louca da casa

A jornalista espanhola Rosa Montero tem um texto fluído e leve, e neste livro fala sobre narrativa ficcional e escritores. Neuroses, manias, segredos, e várias histórias interessantes sobre essas criaturas, que segundo a autora, são inseguros e sempre acham que seus escritos carecem de qualidade, ou publicidade ou boa crítica. Enfim, a falta de confiança que assola muitos profissionais, inclusive gente do calibre de Stendhal, autor de O Vermelho e o Negro, Oscar Wilde, Gay Talese, Tolstói, entre inúmeros outros. Montero discorre as razões, obscuras talvez, que levaram Truman Capote a esperar pela execução dos seus biografados para então fechar a história, quando este escreveu “A sangue frio”, muito bom por sinal, o que na opinião da autora, era completamente desnecessário. Rosa discorre também sobre os múltiplos talentos dos escritores, muitos dos quais acumulam mais de um trabalho, enquanto não conseguem o estrelato. Frases espirituosas de autores vários, dão graça e movimento ao livro. De James M. Barrie, autor de Peter Pan: “Não sou jovem o bastante para saber tudo”. 

Quem não se identifica com a louca da casa??

livrariasariava.com.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.