A casa descolada de Beata Heuman, em Londres I

Talvez Beata Heuman crie quartos frescos e acolhedores porque é oriunda da Suécia, país que ocupa o nono lugar no Relatório Mundial sobre a Felicidade de 2018. Talvez seja porque seu ex-chefe é Nicky Haslam, designer importante que figura na lista AD100, celebrado por sua abordagem alegre, na vida e no trabalho. Ou então poderia ser o destino – afinal, os pais dela a chamaram Beata, em latim, “feliz”. “Eu quero fazer as pessoas esquecerem um pouco do mundo exterior”, Heuman explica enquanto entra no hall de entrada de sua casa em Hammersmith, bairro ao lado do Tamisa, rio que corta Londres. Maravilhosamente uma região não-central mas com as conexões de metrô necessárias, aponta ela! O espaço alto e estreito oferece um contraste marcante com o estilo vitoriano em tijolos, onde ela e seu marido, John Finlay, executivo da empresa de bebidas Fever-Tree, moram com os filhos. Máscaras coloridas de animais africanos (Heuman gosta do sotaque do reino selvagem, embora “às vezes ache que já fui longe demais”) foram acomodadas em uma parede revestida com cânhamo. “As pessoas são muito sérias sobre design de interiores: você pode se divertir, ou você pode seguir todas essas regras que não importam muito”, diz Heuman, uma estrela em ascensão que começou escritório de decoração há apenas cinco anos, época em que conheceu o marido. “Quando nos conhecemos, ele estava muito animado com um par de almofadas de tricô que tinha acabado de comprar”, entrega ela!! “Acho que abri os olhos dele um pouco. Ele é um adepto tardio quando se trata de criatividade, mas se tornou muito bom ”, continua ela. “É tão bom quando a outra pessoa em sua vida está interessada e contribui; nos divertimos muito.” Suecos, observa Heuman, podem pensar que as soluções aconchegantes do casal são excessivas, muito decoradas, mas há definitivamente uma vibe escandinava – animada, prática, boêmia, mas consciente, embora não puritana, contida. Garantir que os ambientes sejam relativamente organizados não significa evitar as delícias atmosféricas. Trabalhando com papéis Tibor, empresa de papel de parede britânica, reaberta há pouco, Heuman encomendou um delicioso plano de fundo para a sala de jantar: um padrão ondulado de flores e folhas retorcidas que é uma mistura de rabiscos vintage do fundador da empresa. “É como se alguém desenhasse nas minhas paredes”, diz ela. As cadeiras ao redor da mesa estilo Art Déco adicionam um frisson atrevido ao cenário doce, e receberam capas de couro preto com zíper, ideia de Heuman: “Os zíper os deixam um pouco sexy”. Gostou? Tem mais no próximo post!! 

Beata Heuman: http://beataheuman.com/

via: AD Magazine

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *